«Os campeonatos fazem-se de pontos!» – Rui Quinta

«Os campeonatos fazem-se de pontos!» – Rui Quinta

Na análise ao empate entre Santa Clara e FC Vizela, o treinador Rui Quinta destacou a capacidade dos seus jogadores em anular o adversário, sublinhando que, caso houvesse melhor aproveitamento das duas oportunidades criadas, talvez os três pontos tivessem seguido para a cidade termal.

«É evidente que, antes do jogo, acreditamos sempre que vamos vencer. Sabíamos que íamos defrontar um adversário com muita qualidade. Fomos capazes de os impedir de chegar em condições de finalização à nossa baliza», começou por dizer o técnico.

«O Santa Clara teve uma ocasião durante todo o jogo. Nós tivemos duas e falhámos clamorosamente nesses dois momentos. Se o tivéssemos feito, teríamos conquistado o que nos trouxe até aqui, ou seja, os três pontos» – Rui Quinta

«Apesar de o Santa Clara ter mais tempo a bola em seu poder, a nossa equipa foi muito competente. Reconheço que não tivemos a qualidade que já demonstrámos no processo ofensivo, mérito do nosso adversário. Normalmente os resultados espelham aquilo que se passa em campo. Temos de aceitar o resultado», considerou Rui Quinta.

Todos os pontos contam nesta intensa luta pela permanência, pelo que o ponto somado nos Açores é encarado com natural satisfação.

«Saio satisfeito deste jogo porque conquistámos mais um ponto e os campeonatos fazem-se de pontos. É preciso perceber que as equipas passam por fases emocionais diferentes. Há momentos em que as equipas sentem-se mais confiantes e conseguem exibir outra qualidade. Há outros momentos em que as equipas estão mais desconfiadas. Os pontos ajudam-nos a encontrar esse equilíbrio. Este ponto traz-nos mais conforto e é mais um na caminhada que estamos a fazer», concluiu.