Jogo controverso adensou dificuldades…

Jogo controverso adensou dificuldades…

Perspetivava-se um duelo intenso entre FC Vizela e Fafe numa jornada 38 de grande importância para o futuro de ambos os conjuntos na competição.

Numa tarde convidativa para vir ao futebol, mais de um milhar e meio de vizelenses deram nova demonstração de apoio à equipa comandada por Carlos Cunha.

Sendo certo que o empate não serviria as pretensões de ambas as equipas, o Fafe entrou mais agressivo em termos ofensivos nos instantes iniciais.

Um cruzamento perigoso de Evandro Brandão (5’) e um remate intencional de Alan Júnior (8’), bem defendido por Pedro Albergaria, alertaram a turma da casa.

O FC Vizela criou verdadeiro perigo aos 20’. No seguimento de uma insistência de Kukula pelo lado esquerdo, a bola sobrou para Luís Ferraz que atirou forte às malhas laterais.

Pouco depois, aos 28’, Felipe Augusto procurou servir Kukula, mas Lytvyn antecipou-se ao atacante vizelense. Entretanto, a tensão associada à importância do encontro ia sendo visível nos jogadores dos dois conjuntos.

Aos 34’, o Fafe dispôs da sua melhor ocasião de golo. Alan Júnior saiu da marcação, tentou o remate e Evandro Brandão surgiu para a emenda, atirando por cima.

Os instantes finais da primeira parte foram marcados pela forte controvérsia. Primeiro, aos 39′, a inexplicável expulsão de Dani Soares, indicada pela auxiliar mais distante do lance, com as imagens a provarem as constantes provocações de Alan Júnior.

A seguir, aos 42′, uma grande penalidade flagrante ficou por assinalar a favor do FC Vizela. Prince fez o remate e Agostinho Carvalho fez mão dentro da área, interferindo claramente na trajetória do esférico.

O primeiro tempo terminou, portanto, com o Estádio do FC Vizela em polvorosa e o caso não era para menos…

A etapa complementar ficou marcada, não só pelo golo do Fafe, mas sobretudo pela falta de sorte dos vizelenses no capítulo da finalização.

Depois de uns primeiros ensejos do Fafe (Leandro Borges, aos 47’; Digas, aos 56’), o técnico Carlos Cunha refrescou o ataque, lançando João Vieira e o estreante Aziz Yakubu, jogador ganês que tem estado em evidência nos Sub-19.

Pelo meio, o Fafe também ficou reduzido a 10 unidades, por expulsão de Reinildo, que derrubou Felipe Augusto quando este enquadrava-se para o remate.

Aos 62’, o mesmo Felipe Augusto surgiu isolado, mas permitiu a defesa a Ricardo Fernandes, quando toda a gente se preparava para festejar golo.

Aos 68’, o FC Vizela, completamente balanceado para o ataque, foi apanhado em contrapé por Alan Júnior e este serviu Leandro Borges para um remate indefensável. Pedro Albergaria nada podia fazer para evitar o golo dos fafenses.

No tudo por tudo, os vizelenses tiveram duas excelentes possibilidades para alcançar, pelo menos, o empate. Aos 84’, Elízio viu Agostinho Carvalho tirar-lhe a bola em cima da linha de golo e, aos 90’, João Vieira cabeceou a rasar o poste.

Com este resultado, adensaram-se as dificuldades do FC Vizela no contexto da permanência. No entanto, com 4 jornadas pela frente, tudo pode acontecer e o objetivo não está, de forma alguma, arredado.

O próximo jogo dos vizelenses será em Famalicão, no dia 30 de Abril, às 16:00 horas.

FICHA DE JOGO | FC Vizela 0-1 AD Fafe

Data: 23/04/2016 (16:00 horas)

Local: Estádio do FC Vizela (Vizela)

Assistência: 1752 espectadores

Árbitro: João Matos (AF Viana do Castelo)

Auxiliares: Paulo Vieira e Nélson Cunha

4º Árbitro: Bruno Rodrigues

FC Vizela: Pedro Albergaria; Dani Coelho, João Cunha, João Sousa e Elízio; Dani Soares, Tiago Ronaldo e Luís Ferraz (C); Felipe Augusto, Kukula (João Vieira, 57’) e Prince (Aziz Yakubu, 57’; Magique, 73’).

Suplentes não utilizados: Paulo Ribeiro, Tiago Martins, João Pedro e Helinho.

Treinador: Carlos Cunha

AD Fafe: Ricardo Fernandes; Vasco Cruz (C), Agostinho Carvalho, Lytvyn e Reinildo; Geraldo, Samu e Sarkic (André, 70’); Digas (Jota, 60’), Alan Júnior e Evando Brandão (Leandro Borges, 45’).

Suplentes não utilizados: Marçal, Joãozinho, Materazzi e Sergyi Syzyi.

Treinador: Manuel Monteiro

Golo: Leandro Borges (68’).

Cartões Amarelos: Reinildo (17’), Sarkic (30’), Luís Ferraz (42’), Felipe Augusto (64’), Geraldo (65’), Dani Coelho (85’) e Ricardo Fernandes (89’).

Cartões Vermelhos: Dani Soares (39’) e Reinildo (55’).

LEDMAN LIGAPRO | RESULTADOS RONDA 38 (23 Abril)

Académico de Viseu 1-0 Portimonense

Gil Vicente 2-2 Cova da Piedade

Leixões 3-0 Olhanense

Santa Clara 0-0 União da Madeira

Freamunde 1-2 Penafiel

Benfica ‘B’ 2-1 FC Porto ‘B’

Varzim 0-4 Sporting da Covilhã

FC Vizela 0-1 Fafe

Sporting ‘B’ 3-0 Vitória de Guimarães ‘B’

Desportivo das Aves 2-0 Famalicão

Sporting de Braga ‘B’ x Académica de Coimbra (esta tarde)

LEDMAN LIGAPRO | QUADRO RONDA 39 (30 Abril)

Portimonense x Leixões

Vitória de Guimarães ‘B’ x Sporting de Braga ‘B’

União da Madeira x Desportivo das Aves

FC Porto ‘B’ x Sporting ‘B’

Cova da Piedade x Varzim

Penafiel x Santa Clara

Olhanense x Freamunde

Sporting da Covilhã x Gil Vicente

Fafe x Académico de Viseu

Famalicão x FC Vizela

Benfica ‘B’ x Académica de Coimbra