Final dramático…

Final dramático…

Numa partida aguardada com grande expectativa pelos adeptos, FC Vizela e Cova da Piedade entraram em campo sabendo que só a vitória interessava.

O jogo começou com algum ascendente por parte do conjunto de Carlos Cunha. Alex Porto, uma das novidades no “onze”, testou o seu pontapé logo aos 2’.

Em seguida, João Vieira, por duas vezes, criou perigo. Na primeira tentativa, o atacante vizelense colocou Pedro Alves à prova e, na segunda, combinou bem com Homero antes de rematar às malhas laterais.

O Cova da Piedade respondeu de bola parada. Depois de Luís Silva ameaçar de livre (11’), seria Soares a criar perigo de canto direto (18’). Pedro Albergaria estava atento.

Os azuis e brancos tiveram outra boa possibilidade aos 22’, quando Alex Porto rematou para defesa apertada de Pedro Alves.

Praticamente num registo de parada e resposta, João Pedro (27’) e Koffi Franck (31’) evitaram que Ballack e Dieguinho, respetivamente, ficassem com condições favoráveis para abrir o ativo pelo conjunto da Margem Sul.

Até que, as 41’, Homero foi mais eficaz e deu vantagem ao FC Vizela. Foi uma bonita jogada dos vizelenses, na qual João Pedro combinou com João Vieira, tendo este assistido o centrocampista venezuelano para o 1-0.

Impulsionados pelo golo, os azuis e brancos ficaram perto de marcar novamente, mas João Vieira não conseguiu corresponder com êxito à assistência de Panin.

Ao intervalo, o resultado assentava bem ao FC Vizela, apesar da resposta dada pelo Cova da Piedade, uma equipa perigosa sobretudo nas bolas paradas.

O segundo tempo trouxe imprevisibilidade e um final dramático. Mas já lá vamos… Logo aos 47’, Cláudio quase chegou para o cabeceamento, após livre.

No entanto, o Cova da Piedade deu um sinal de inconformismo por Luís Silva (54’), cujo remate foi travado com arrojo por Pedro Albergaria.

Esse foi talvez o aviso para o que sucedeu aos 56’, quando Adílson surgiu oportuno ao segundo poste para assinar o empate, a passe de Ballack.

Entretanto, Carlos Cunha refrescou a equipa com as entradas de André Pinto e Prince, tendo mais tarde lançado Carlos Fortes.

Apesar de algumas tentativas de reação, os vizelenses viram o adversário passar para a frente do marcador aos 70’, num lance que deixou algumas dúvidas quanto à posição de Evaldo, aparentemente adiantado.

Nesta altura, os resultados de outros adversários diretos configuravam um cenário muito complicado para o FC Vizela, só que Prince devolveu a esperança já no derradeiro quarto de hora de jogo, finalizando uma jogada de insistência de Carlos Fortes.

Porém, quando os azuis e brancos procuravam a vantagem, Cláudio foi expulso por acumulação de amarelos (84’). O Cova da Piedade também ficaria a jogar com 10, depois de Luís Silva ter visto o vermelho direto.

O tempo de compensação foi disputado então a um ritmo impróprio para cardíacos, culminando o jogo com o 3-2 para os forasteiros.

Pedro Albergaria foi à área contrária, mas o remate de Tiago Ronaldo, após livre, fez ricochete num adversário, dando início ao golpe fatal de Dieguinho,

Tudo muito mais difícil após este desaire, numa altura em que ainda existem hipóteses matemáticas para que o FC Vizela possa atingir o play-off de manutenção.

O próximo jogo acontece no domingo, dia 14 de Maio, diante do Freamunde, conjunto despromovido nesta jornada ao Campeonato de Portugal.

FICHA DE JOGO | FC Vizela 2-3 Cova da Piedade

Data: 07/05/2016 (16:00 horas)
Local: Estádio do FC Vizela (Vizela)
Assistência: 1063 espectadores

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa)
Auxiliares: Ricardo Santos e Nuno Roque
4º Árbitro: Pedro Felisberto

FC Vizela: Pedro Albergaria; João Pedro, Cláudio (C), João Cunha e Koffi Franck; Alex Porto, Tiago Ronaldo e Helinho (André Pinto, 61’); Panin (Prince, 61’), João Vieira (Carlos Fortes, 69’) e Homero.
Suplentes não utilizados: Tiago Guedes, Tiago Martins, Kukula e Miguel Oliveira.
Treinador: Carlos Cunha

Cova da Piedade: Pedro Alves; Chico Gomes, Miguel Ângelo (C), Roberto Cunha e Evaldo; Soares, Robson (Siaka Bamba, 90+1’) e Luís Silva; Ballack (Filipe Godinho, 71’), Adílson (Irobiso, 77’) e Dieguinho.
Suplentes não utilizados: Guilherme, Yi Chen, Rui Varela e Bruno Bernardo.
Treinador: João Barbosa

Golos: Homero (41’), Adílson (56’), Evaldo (70’), Prince (77’) e Dieguinho (90+5’).
Cartões Amarelos: Roberto Cunha (26’), Robson (32’), Cláudio (39’ e 84’), André Pinto (75’), Adílson (75’), Tiago Ronaldo (81’), Filipe Godinho (85’), Soares (86’) e Miguel Ângelo (88’).
Cartões Vermelhos: Cláudio (84’) e Luís Silva (90’).

LEDMAN LIGAPRO | RESULTADOS RONDA 40 (07 Maio)

Sporting ‘B’ 2-2 Benfica ‘B’
Académica de Coimbra 1-0 Vitória de Guimarães ‘B’
Freamunde 1-2 Portimonense
Santa Clara 3-0 Olhanense
Sporting de Braga ‘B’ 2-3 FC Porto B
Desportivo das Aves 2-1 Penafiel
Gil Vicente 1-3 Fafe
Varzim 1-0 Famalicão
FC Vizela 2-3 Cova da Piedade
Académico de Viseu 1-2 União da Madeira
Leixões 1-3 Sporting da Covilhã

LEDMAN LIGAPRO | QUADRO RONDA 41 (14 Maio)

Cova da Piedade x Desportivo das Aves
FC Porto ‘B’ x Vitória de Guimarães ‘B’
Portimonense x Olhanense
Sporting da Covilhã x Santa Clara
Famalicão x Académico de Viseu
Fafe x Varzim
FC Vizela x Freamunde
União da Madeira x Gil Vicente
Penafiel x Leixões
Benfica ‘B’ x Sporting de Braga ‘B’
Sporting ‘B’ x Académica de Coimbra

LEDMAN LIGAPRO | CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º Portimonense (77 pontos)
2º Desportivo das Aves (75 pontos)
3º Benfica ‘B’ (63 pontos)
4º Penafiel (62 pontos)
5º Varzim (61 pontos)
6º Santa Clara (59 pontos)
7º Sporting de Braga ‘B’ (58 pontos)
8º Sporting da Covilhã (58 pontos)
9º União da Madeira (58 pontos)
10º Vitória de Guimarães ‘B’ (57 pontos)
11º FC Porto ‘B’ (57 pontos)
12º Gil Vicente (56 pontos)
13º Académica de Coimbra (56 pontos)
14º Sporting ‘B’ (54 pontos)
15º Cova da Piedade (52 pontos)
16º Académico de Viseu (51 pontos)
17º Famalicão (47 pontos)
18º Leixões (45 pontos)
19º Fafe (42 pontos)
20º FC Vizela (42 pontos)
21º Freamunde (39 pontos)
22º Olhanense (25 pontos)