Vizelenses desperdiçaram em demasia e acabaram surpreendidos…

Vizelenses desperdiçaram em demasia e acabaram surpreendidos…

Quem não assistiu à derradeira partida dos Sub-19 do FC Vizela e olhou para o resultado poderá interpretar que foi um mau jogo dos azuis e brancos. Puro engano…

Na receção ao Vila Real, a turma de Vasco Gonçalves teve tudo para fechar a época com uma goleada expressiva, mas uma enorme ineficácia aliada a alguma desconcentração defensiva nos instantes finais precipitou um desfecho inesperado.

O hino ao desperdício começou bem cedo, logo aos 6’, por Kinsgley. De resto, o atacante do FC Vizela dispôs de mais 5 situações claras para marcar (10’, 17’, 27’, 36’ e 43’).

Francis Cann também procurou desfeitear o guarda-redes transmontano (35’), tendo estado na génese de mais um lance clamoroso, desperdiçado por Serginho (42’).

O Vila Real teve poucas hipóteses em criar perigo, fazendo-o apenas por uma vez, aos 28’, com a bola a sair ao lado da baliza de Cláudio.

Em cima do intervalo, à sétima tentativa, Kinsgley lá conseguiu “matar o borrego” e deu vantagem ao FC Vizela num momento crucial.

Na segunda parte, o encontro tornou-se gradualmente mais dividido, ainda assim, o FC Vizela continuou a dispor das melhores oportunidades.

Contudo, aos 75’, o Vila Real aproveitou alguma passividade defensiva dos da casa para consumar a igualdade no encontro, que seria desfeita pouco depois por Renato, num bom golpe de cabeça em resposta a um livre.

A emoção subiu a pulso com Cláudio a protagonizar magnífica mancha, evitando que o adversário fizesse o empate novamente, aos 82’.

Aos 85’, Francis Okoli teve a melhor hipótese para sentenciar a partida, a cruzamento de Kingsley, mas o cabeceamento saiu ligeiramente por cima com a baliza à mercê.

No minuto seguinte, o Vila Real beneficiou de uma grande penalidade cometida por Francis Cann para fazer o 2-2 e já sobre os 90’ consumou a improvável reviravolta numa jogada aparentemente precedida de falta não assinalada sobre Kingsley.

Acabou por não ser a despedida desejada de um FC Vizela que terminou a prova no 3.º lugar da Série A da Fase de Manutenção do Nacional de Juniores (2.ª Divisão).

FICHA DE JOGO | FC Vizela 2-3 Vila Real

Data: 20/05/2017 (17:00 horas)
Local: Campo de Treinos do Estádio do FC Vizela (Vizela)
Árbitro: João Lamares (AF Porto)

FC Vizela: Cláudio; Guilherme, Carlos Sousa (C), Esquerdo e Pedro Coelho; Mika, Francis Okoli, Serginho (Renato, 76’) e Francis Cann; Diego (Gonçalo, 71’) e Kingsley.
Suplentes não utilizados: Fábio Martins, Queirós, Kiko, Dani e Hugo Silva.
Treinador: Vasco Gonçalves

Golos: Kingsley (44’) e Renato (80’).
Cartões Amarelos: Diego (13’) e Carlos Sousa (13’).

NACIONAL DE JUNIORES | 2ª DIVISÃO (SÉRIE A)
FASE DE MANUTENÇÃO
RESULTADOS DA RONDA 14 (20 Maio)

FC Vizela 2-3 Vila Real
Varzim 0-2 Famalicão
Merelinense 3-1 Tirsense
Cerveira 4-1 Bragança

NACIONAL DE JUNIORES | 2ª DIVISÃO (SÉRIE A)
FASE DE MANUTENÇÃO
CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º Merelinense (50 pontos)
2º Famalicão (49 pontos)
3º FC Vizela (47 pontos)
4º Varzim (35 pontos)
5º Vila Real (23 pontos)
6º Cerveira (21 pontos)
7º Bragança (11 pontos)
8º Tirsense (10 pontos)