Golaço de Zé Valente abriu caminho para o triunfo do FC Vizela

Golaço de Zé Valente abriu caminho para o triunfo do FC Vizela

O FC Vizela iniciou a sua participação no Campeonato de Portugal Prio com um triunfo em Bragança (2-0), num estádio tipicamente difícil, mas onde os azuis e brancos conservaram a tradição de conquistar pontos.

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir na região transmontana neste último domingo, e que motivaram uma curta interrupção em cada parte, foram “intruso” indesejável aos intervenientes no jogo, condicionando um pouco a sua prestação ao longo dos 90’.

Na etapa inicial, não foi possível assistir-se a grandes rasgos de criatividade. À maior posse do esférico por parte do FC Vizela, contrapôs um posicionamento rígido da formação brigantina, que conseguiu tapar todos os caminhos da sua baliza.

De resto, o Bragança dispôs apenas de uma situação mais periclitante, num raro momento de desconcentração defensiva da turma vizelense. Aconteceu logo aos 4’ de jogo com Tiago Lapa a tentar picar a bola sobre Pedro Albergaria, tendo esta saído ligeiramente ao lado da baliza.

Para o segundo tempo, o treinador Carlos Cunha lançou Panin na partida e viu o seu conjunto corresponder-lhe com uma significativa melhoria ao nível do processo ofensivo.

E a recompensa chegou logo aos 55’. Livre direto à entrada da área a punir carga sobre Correia para uma execução irrepreensível de Zé Valente.

O “camisola 11” do FC Vizela proporcionou um momento fantástico com a bola a entrar no ângulo superior esquerdo, não dando qualquer hipótese de defesa a Nélson Gomes.

O “sinal mais” continuou a pertencer à equipa vizelense e Mércio, acabadinho de entrar, recebeu um passe de Zé Valente e testou os seus dotes de meia distância, aos 67’.

O Bragança respondeu com maior atrevimento nos instantes finais, primeiro com um pontapé de bicicleta por Pereira (90’), e depois num remate intencional de Landinho (90+2’).

A fechar o tempo de compensação concedido pelo árbitro André Neto, o costa-marfinense Evrard selou as contas do desafio, finalizando uma bela jogada de envolvimento do ataque vizelense.

Vitória difícil, mas inteiramente merecida e muito aplaudida pela meia centena de vizelenses que se deslocaram até ao nordeste transmontano para apoiar o seu clube do coração.

Na próxima jornada, o FC Vizela recebe a AD Oliveirense no seu estádio, um encontro agendado para as 17:00 horas de domingo, dia 27 de Agosto.

 

FICHA DE JOGO

Local: Estádio Municipal de Bragança

Árbitro: André Neto (AF Vila Real)

Assistentes: Márcio Teixeira e Daniel Santos

BRAGANÇA: Nélson Gomes; Bosingwa, Agostinho Carvalho, Capelo (C) e Ká; Luís Lisboa, Landinho e Miguel Lemos (Francis Okoli, 60’); Moreira (Fábio Rodrigo, 60’), Tiago Lapa e Rui Carvalho (Pereira, 72’).

Suplentes não utilizados: Luís Lombo, Boris e Nuno Miguel.

Treinador: Tony

FC VIZELA: Pedro Albergaria; Gaby, Miguel Oliveira, João Cunha e Amian; Evrard, André Pinto (Mércio, 66’) e João Oliveira; Zé Valente (Felipe Augusto, 86’), Correia e Carlos Fortes (Panin, 46’).

Suplentes não utilizados: Rafa, Nera, Jony e João Pedro.

Treinador: Carlos Cunha

Golos: Zé Valente (55’) e Evrard (90+5’).

Cartões Amarelos: João Oliveira (73’), Tiago Lapa (81’), Agostinho Carvalho (84’), Panin (88’) e Evrard (89’).