FC Vizela vence Argozelo e conquista Série A

FC Vizela vence Argozelo e conquista Série A

O apuramento já estava garantido, mas faltava ainda vencer a Série A. Na receção ao Minas de Argozelo, o FC Vizela construiu um triunfo tranquilo (3-0), que contou novamente com a inspiração do goleador João Paredes, à semelhança da jornada anterior.

Há muito despromovido ao campeonato distrital, o Minas de Argozelo demonstrou sempre muitas dificuldades para competir de igual para igual, numa prova que reclama um formato diferente.

A partida começou, de certa forma, atribulada. Logo aos 2’, a sequência de um ataque conduzido por Panin, este chocou com o guarda-redes José Luís, que saiu muito combalido do lance.

O jogo esteve interrompido 6’ e a primeira contrariedade para o Minas de Argozelo aconteceu mesmo. José Luís teve de ser substituído por um… jogador de campo, Samuel.

O FC Vizela naturalmente impôs a sua valia desde cedo. À passagem do quarto de hora inicial, Zé Valente procurou finalizar ao segundo poste uma boa iniciativa de Panin.

Três minutos depois, uma bela combinação do ataque vizelense, que teve como intervenientes João Oliveira, João Paredes e Zé Valente, resultou num pontapé acrobático de Carlos Fortes.

Aos 19’, uma grande penalidade terá ficado por assinalar sobre Panin, mas o árbitro de Vila Real, Rui Silva, assim não considerou e mandou prosseguir.

O Minas de Argozelo, apesar das notórias diferenças de qualidade, tentou organizar-se o melhor possível e até espreitou o remate. Luís Gancho protagonizou o primeiro disparo dos nordestinos, aos 23’, mas a bola saiu ligeiramente por cima.

Seguiram-se novas tentativas do FC Vizela. De livre, Zé Valente deu trabalho a Samuel (25’), João Paredes cabeceou por cima (28’) e Carlos Fortes também procurou acertar no alvo (30’), após receber um excelente passe de Zé Valente.

Estas situações foram talvez o prenúncio daquele que viria a ser o momento da tarde. Passavam 3’ da meia hora quando João Paredes recebeu uma bola de Panin e disparou de forma fulminante ao ângulo, inaugurando assim o marcador. Um golo digno das melhores ligas europeias!

Desbloqueado o nulo, foi de rajada que o FC Vizela elevou a contagem. Aos 36’, Carlos Fortes, em plena área, recebeu um passe de João Paredes, rodopiou sobre um adversário e fez o 2-0.

Antes do descanso, os vizelenses estiveram perto do terceiro golo através de Panin, protagonista de um bom momento de futebol (41’), ao passo que o Minas de Argozelo rematou pela segunda vez à baliza de Rafa, desta vez num remate cruzado de Kika.

O reatamento começou praticamente com um disparo de Carlos Fortes, que fez o esférico rasar o poste esquerdo da baliza transmontana.

Claramente em sintonia com o seu parceiro de ataque, Carlos Fortes entregou de bandeja para João Paredes bisar na partida, aos 48’. Estava feito o 3-0 e a chegada de João Paredes à liderança da tabela dos melhores marcadores da Série A, com 13 golos apontados.

Contudo, nem só o Minas de Argozelo lidou com contrariedades. O FC Vizela também teve de substituir Carlos Fortes, que saiu bastante queixoso e de maca, aos 55’.

Com o resultado confortável, a turma de Carlos Cunha baixou um pouco de ritmo, embora sem nunca deixar de visar a baliza contrária.

Nesse período, o Minas de Argozelo teve a sua única oportunidade de golo propriamente dita, no seguimento de um livre, mas João Cunha, a celebrar o centésimo jogo oficial de rainha ao peito, esteve intransponível e impediu que Nuno Ramos pudesse reduzir a diferença.

Entretanto, Matheus não teve pernas para mais uma impressionante escapadela de Panin e não teve alternativa senão sacrificar-se com o segundo amarelo e respetiva expulsão (65’), impedindo o atacante ganês de avançar para um eventual quarto golo.

Até final do encontro, o FC Vizela dispôs de mais algumas situações para dar outra expressão ao triunfo. Diogo Lamelas, de livre (66’), João Paredes, a passe de Zé Valente (68’) e a cruzamento de Amian (75’), uma “bomba” de Márcio Ferrari (76’), Aziz (80’) e Zé Valente (82’ e 90’) estiveram perto de acrescentar mais golos ao resultado.

Campeão de série e apurado para o Play-Off de Promoção à 2.ª Liga, o FC Vizela prepara-se agora para finalizar a primeira fase em Arcos de Valdevez para depois, aí sim, enfrentar a grande luta de toda uma temporada. A partida da 30.ª jornada está agendada para as 16:00 horas do próximo domingo, dia 22 de Abril.

 

FICHA DE JOGO

Local: Estádio do FC Vizela (Vizela)

Árbitro: Rui Silva (AF Vila Real)

Assistentes: Nuno Fraguito e Bruno Pereira

FC VIZELA: Rafa; Diogo Lamelas, João Cunha, Aidara e Amian; Dani (C), João Oliveira (Márcio Ferrari, 66’) e Zé Valente; Carlos Fortes (Aziz, 55’), João Paredes e Panin (Cann, 77’).

Suplentes não utilizados: Pedro Albergaria, Felipe Augusto, Joni e Miguel Oliveira.

Treinador: Carlos Cunha

MINAS ARGOZELO: José Luís (Samuel, 8’); Matheus, Cláudio, Nuno Ramos e Ivo Amorim; Pedro Ribeiro (Brian, 64’), Luís Gancho e China; Alex Júnior, Litcha (C) e Kika (Victor Parra, 81’).

Suplentes não utilizados: Rui Alves, Campelo, Danilo e Alessandro.

Treinador: António Forneiro

Golos: João Paredes (33’ e 48’) e Carlos Fortes (36’).

Cartões Amarelos: Matheus (24’ e 65’), China (34’) e Diogo Lamelas (62’).

Cartão Vermelho: Matheus (65’).