FC Vizela vence Pedras Rubras e avança na Taça de Portugal

FC Vizela vence Pedras Rubras e avança na Taça de Portugal

A nossa equipa está na segunda eliminatória da Taça de Portugal, após vencer o Pedras Rubras, conjunto da Série B do mesmo campeonato, por três bolas sem resposta.

Foi mais uma prestação muito competente do FC Vizela, à imagem do que tem vindo a suceder no campeonato, o que, aliás, permitiu garantir o apuramento ainda na primeira parte.

Álvaro Pacheco promoveu várias alterações no onze, com destaque para as estreias de Cajó, Kiki e Aidara, que somaram os primeiros minutos na presente temporada.

Cedo se percebeu que o Pedras Rubras iria sentir dificuldades no jogo, apesar da agressividade imposta nos duelos. Os vizelenses entraram mais fortes e mais ofensivos.

Logo aos 8’, numa investida atacante, ficou a ideia de que Kiki terá sido derrubado na área por César Gomes, mas o juiz da partida assim não entendeu.

Em seguida, Fall quase chegou para o desvio de um cruzamento de Kiki e, aos 14’, o mesmo Fall viu Jorge Costa protagonizar uma defesa instintiva, isto depois de um disparo de Cann ao poste.

O guarda-redes do Pedras Rubras, que brilhou nesse lance, acabou por ter uma tarde aziaga, já que ficou bastante combalido num choque involuntário com Fall e teve mesmo de ser transportado a uma unidade hospitalar próxima. O encontro esteve interrompido cerca de sete minutos.

Já com o desafio reatado, Mendes espreitou o golo (31’) e, pouco depois, o Pedras Rubras dispôs da sua melhor chance para marcar. César Gomes, de primeira, enviou uma bola ao poste.

Na resposta, a nossa equipa abriu o ativo. Numa jogada rápida pelo corredor direito, aos 36’, Fall penetrou na área e fez o passe atrasado para João Pedro, que beneficiou de um ligeiro desvio de Gonçalo Pimenta para o fundo das malhas.

Quatro minutos volvidos, Ericson solicitou a desmarcação de João Pedro, o nosso capitão voltou a armar o remate e foi feliz. André Fonseca, talvez traído pelo efeito, não segurou o esférico.

Ainda assim, o Pedras Rubras não esmoreceu e Cajó evitou a redução da diferença, numa boa “mancha” ao remate de Dibola Júnior.

Na compensação dada antes do descanso, Cann assinou o momento da tarde. Após receber uma bola de Zag, o ganês desferiu um grande pontapé à entrada da área, que não deu hipóteses de defesa a André Fonseca. Grande golo e festa imensa dos muitos vizelenses presentes.

O resultado ao intervalo praticamente decidia o apurado à eliminatória seguinte, porém, o futebol é pródigo em surpresas. Para evitá-las, o conjunto de Álvaro Pacheco prosseguiu focado em manter o seu bom registo na partida, privilegiando, naturalmente, a gestão do marcador.

Nesse sentido, os vizelenses reentraram a criar perigo, com destaque para Mendes. No primeiro lance, uma trivela do extremo não foi correspondida com a finalização devida. Na segunda jogada, assistiu Zag, que rematou às malhas laterais.

Por seu turno, o Pedras Rubras nunca desistiu e dignificou sempre o encontro. O veterano Rui Lima escapou à marcação e testou a atenção de Cajó, aos 57’.

Mais tarde, no último quarto de hora, Rui Lima, desta vez, levantou para o cabeceamento perigoso de Filipe Relvas. Logo a seguir, Cajó esteve em grande nível ao evitar o golo a Dibola Júnior.

O quarto golo do FC Vizela esteve perto de acontecer aos 70’. André Fonseca redimiu-se com uma intervenção instintiva a evitar o golo a Ericson, na sequência de um canto.

A escassos minutos dos noventa, Landinho (outra estreia na nossa equipa) assistiu Mendes, que tentou “levantar o estádio”, mas Filipe Relvas apareceu sobre a linha para o corte.

Momentos antes, destaque para uma outra estreia, a do guarda-redes Rodrigo, ainda com idade de júnior, que teve assim a oportunidade de jogar os primeiros minutos oficiais como sénior.

Entretanto, ouviu-se o apito de António Moreira, de Vila Real, pela última vez no desafio e a festa foi vizelense. Ao som dos cânticos da Força Azul, a nossa equipa celebrou a passagem à segunda eliminatória da Taça de Portugal, agendada para o final do mês (dia 29).

O Campeonato de Portugal está de regresso no próximo fim-de-semana com uma deslocação a Fafe, que, de resto, é sempre vivida com especial interesse por parte da massa associativa.

 

Ficha Técnica

Resultado: Pedras Rubras 0-3 FC Vizela

Local: Estádio Municipal de Pedras Rubras

Árbitro: António Moreira (AF Vila Real)

Assistentes: Sérgio Correia e Sérgio Faceira

Pedras Rubras: Jorge Costa (André Fonseca, 24’); Gonçalo Pimenta, Carlos Mendes, Filipe Relvas e Diogo Esteves (Erik Silva, 45’); César Gomes, Rui Jorge e Rui Lima; Aliu Ronaldo (Danny Barrow, 68’), Dibola Júnior e Tiago Silva (C).

Suplentes não utilizados: Tiago Moura, Ricardo Cardoso, Nélson e Uros Smolovic.

Treinador: Manuel Rodrigues

FC Vizela: Cajó (Rodrigo, 81’); João Pedro (C), João Faria (C), Aidara e Kiki; Ericson, Zag e André Soares (Diogo Ribeiro, 64’); Cann (Landinho, 71’), Fall e Mendes.

Suplentes não utilizados: Matheus, Okoli, Kiko Bondoso e Kiko.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: João Pedro (36’ e 40’) e Cann (45’+5’).

Cartões Amarelos: Rui Jorge (43’), Fall (56’), Cann (58’) e Gonçalo Pimenta (69’).