Melhor arranque interrompido em Guimarães

Melhor arranque interrompido em Guimarães

No desafio que concluiu a jornada 6 da Série A do Campeonato de Portugal, a nossa equipa não conseguiu trazer pontos de Guimarães (saiu derrotada pela margem mínima), interrompendo o seu melhor arranque de época.

A tarde solarenga de Outubro, em dia de Legislativas, e o cartaz do jogo atraiu à Pista de Atletismo Gémeos Castro mais de um milhar de espectadores, com destaque para o fortíssimo apoio dado pelos muitos vizelenses presentes no estádio.

Eram previsíveis dificuldades nesta curta deslocação. É certo que, pela frente, iria estar um dos mais fortes candidatos à subida, um conjunto muito valoroso do ponto de vista físico e técnico.

No entanto, as dificuldades desta partida foram acrescidas, pois o árbitro Duarte Oliveira adotou um critério demasiado largo, situação que penalizou muito mais a equipa vizelense ao longo do desafio (critério esse que mudou no melhor período dos azuis).

Bastante condicionada pelo maior ímpeto agressivo do Vitória, a formação de Álvaro Pacheco sentiu problemas ao nível da construção de jogo, mas nunca deixou de lutar e de dar uma grande resposta competitiva ao seu adversário.

As primeiras iniciativas pertenceram à turma da casa. Aos 5’, Rafa respondeu com excelente defesa ao remate de Rosier, após combinação com o seu conterrâneo Janvier. Momentos antes, o outro francês da equipa vimaranense, Marcel, ameaçou com um remate à entrada da área.

Mais tarde, aos 12’, Kiki revelou-se preponderante ao evitar que Janvier pudesse inaugurar o marcador com um remate na pequena área.

O FC Vizela reagiu ao ascendente vitoriano com uma boa situação de Kiko Bondoso (18’) e João Faria, na sequência de um canto, cabeceou ligeiramente por cima, ele que já havia tentado o golpe de cabeça, também num canto, minutos antes.

Aos poucos, os azuis da cidade termal foram equilibrando a partida e tiveram nos pés de Landinho nova oportunidade para marcar. Sobre a meia hora, Fall cabeceou ao lado, a cruzamento de Kiko Bondoso, e o Vitória respondeu com uma arrancada impressionante de Jefferson Encada, que fez o passe para João Pedro atirar ao lado.

Depois de um início de jogo difícil, os vizelenses acabaram a primeira parte um pouco por cima e a criar perigo. Foi o que aconteceu aos 36’, quando André Soares, após recuperação de Kiko Bondoso, ficou em excelente posição para abrir o ativo, porém, Tiago Martins tapou a baliza.

Os dados estavam lançados para uma segunda parte prometedora. Contudo, o Vitória reentrou à imagem do que fez no início do primeiro tempo, ou seja, mais pressionante.

Fruto disso, nasceu o golo solitário do encontro. Jogava-se o minuto 56 quando Marcel encontrou espaço à entrada da área para fazer o 1-0, após assistência de Luís Esteves.

Álvaro Pacheco reforçou então o ataque com as entradas de Diogo Ribeiro e Mendes. O FC Vizela reagiu bem ao golo sofrido, faltando-lhe apenas a eficácia desejada.

Aos 69’, Diogo Ribeiro, a passe de Mendes, rematou à meia volta. Mais tarde, o estreante Samu testou o remate, um minuto antes de uma flagrante ocasião de golo. Ericson surgiu ao segundo poste para a emenda a um primeiro desvio de Kiki, aos 77’, mas não conseguiu o toque final.

Nesta fase, “cheirava” a empate em Guimarães. Tiago Martins teve de se arrojar ao solo para evitar o golo a João Pedro, no seguimento de uma bela combinação com Mendes.

O certo é que o resultado não voltaria a mexer e o FC Vizela viu, assim, interrompido o seu melhor arranque de temporada com sete vitórias (cinco para o campeonato e duas para a taça). No final, a forte empatia existente entre equipa e adeptos ficou bem expressa em Guimarães.

De qualquer forma, a derrota não trouxe implicações em termos classificativos, porque a nossa equipa manteve o 1.º lugar, seguida de perto pelo Montalegre e pelo Vitória, ambos a 2 pontos.

O Campeonato de Portugal prossegue no próximo fim-de-semana com o FC Vizela a receber a AD Oliveirense, conjunto em retoma na competição (venceu o Pedras Salgadas em casa).

 

Ficha Técnica

Resultado: Vitória SC ‘B’ 1-0 FC Vizela

Local: Campo Gémeos Castro (Candoso – Guimarães)

Árbitro: Duarte Oliveira (AF Braga)

Assistentes: Xavier Fernandes e Vítor Fernandes

Vitória SC ‘B’: Tiago Martins; Lucas Soares, Zagré, Romain Correia (C) e Mabea; Rosier, Janvier (Elias, 87’) e Luís Esteves; Jefferson Encada, João Pedro (Bence Biró, 73’) e Marcel (Didi, 73’).

Suplentes não utilizados: Tiago Silva, Maga, João Fernandes e Jorginho.

Treinador: Alex Costa

FC Vizela: Rafa; João Pedro (C), Matheus, João Faria e Kiki; Ericson, Landinho (Samu, 72’) e André Soares (Diogo Ribeiro, 59’); Cann, Fall e Kiko Bondoso (Mendes, 65’).

Suplentes não utilizados: Cajó, Kaká, Aidara e Kiko.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golo: Marcel (56’).

Cartões Amarelos: Kiki (90’) e Jefferson Encada (90’).