FC Vizela volta a vencer na Madeira

FC Vizela volta a vencer na Madeira

A nossa equipa voltou a ser mais forte naquela que foi a sua segunda deslocação à Madeira, desta vez, para defrontar o União local, em jogo relativo à 12.ª jornada do Campeonato de Portugal.

Na ressaca da bela imagem dada na Taça de Portugal, os pupilos de Álvaro Pacheco quiseram justificar desde cedo o porquê da posição que ocupam na tabela classificativa da Série A.

Eram previsíveis dificuldades, atendendo a que o encontro foi disputado num piso sintético algo desgastado, ao contrário daquela que era a expectativa vizelense, que passava pela realização do desafio no Centro Desportivo da Madeira (Ribeira Brava), em relva natural.

O FC Vizela entrou bem no jogo e não demorou muito a criar perigo. Embalados pelos muitos adeptos que nunca deixam a equipa caminhar só, os vizelenses espreitaram o golo logo aos 7’, numa jogada em que Kiko Bondoso contornou a oposição de três adversários.

A seguir, Samu ensaiou o remate e, praticamente sobre o quarto de hora inicial, Zag apareceu na pequena área a assustar a defensiva azul e amarela, após jogada de João Pedro.

O conjunto da casa também criou algum perigo nas poucas vezes que conseguiu aproximar-se da baliza defendida por Cajó. Numa dessas situações, Mamadu Djaló cabeceou ligeiramente por cima, na sequência de um livre lateral.

Do outro lado, Luís Miguel não teve alternativa senão derrubar Kiko Bondoso no interior da área, motivando assim a marcação de uma grande penalidade. Chamado à transformação, Diogo Ribeiro abriu a contenda para gáudio dos muitos vizelenses presentes.

Estavam decorridos 24’ e a verdade é que o golo impulsionou o FC Vizela para uma pressão ainda maior junto da baliza de Ricky. Foi o guarda-redes canadiano do União que desviou para a barra um livre muito bem executado por Mendes, evitando o segundo dos vizelenses, aos 27’. Na recarga, esteve à vista o segundo por intermédio de Kiko Bondoso.

Com o jogo muito mais instalado no meio-campo dos madeirenses, a nossa equipa viu Ricky, uma vez mais, salvar o União de uma diferença maior no resultado. O intervalo estava ali tão perto, mas o guardião dos insulares, protagonista de enorme intervenção, impediu os festejos de Kiko Bondoso, após excelente passe de Mendes.

Para o segundo tempo, o FC Vizela entrou novamente ao ataque com Ricky a travar um grande pontapé de Diogo Ribeiro, aos 55’.

Contudo, a nossa equipa sofreu um revés com a expulsão de Kiki, por acumulação de amarelos, o que deixou a turma vizelense reduzida a dez unidades com meia hora de jogo por disputar.

Coube ao incansável Samu a tarefa de fechar o lado esquerdo, adequando-se a estrutura para o contragolpe, mantendo simultaneamente a baliza de Cajó livre de grandes sobressaltos.

Seria precisamente num contra-ataque rápido que o FC Vizela chegaria ao segundo golo. João Pedro lançou-se pelo seu corredor, cruzou a bola para área, Ricky ainda defendeu o golpe de cabeça de Diogo Ribeiro, mas nada pôde fazer para evitar a recarga vitoriosa de Kiko Bondoso.

Aos 63’, a turma de Álvaro Pacheco igualava curiosamente o último triunfo conquistado em solo madeirense (aconteceu sobre o Marítimo ‘B’, na ronda inaugural).

Foi já com uma dianteira renovada (Fall e Cann substituíram os marcadores dos golos, fortemente aplaudidos pelos vizelenses que compunham a bancada) que o FC Vizela teve de lidar com uma ligeira reação do União da Madeira.

Um cabeceamento perigoso de Ivanildo e uma excelente intervenção de Cajó, a evitar que Mamadu Djaló pudesse reduzir a diferença foram exemplos dessa reação na ponta final.

O certo é que o triunfo seguiu mesmo viagem até à nossa cidade. Três pontos inteiramente merecidos pela equipa que mais e melhor jogou num campo difícil, frente a um histórico do futebol nacional, que ainda há três anos atrás militava na Liga principal.

Com dez vitórias em doze partidas, o FC Vizela mantém-se no primeiro posto da Série A, com três pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga, que goleou em Câmara de Lobos, justamente o próximo adversário dos azuis na cidade termal.

O desafio com os madeirenses está marcado para as 15:00 horas de domingo, dia 08 de Dezembro, no Estádio de todas as emoções.

 

Ficha Técnica

Resultado: União da Madeira 0-2 FC Vizela

Local: Campo Adelino Rodrigues (Funchal)

Árbitro: André Neto (AF Vila Real)

Assistentes: Israel Lopes e David Barbosa

União da Madeira: Ricky; Rúben Cacheta, Mamadu Djaló, Alemão (Ivanildo, 67’) e Iago; Luís Miguel (C), Alexandre e Ibrahima; Vítor Pisco, Rui Martins (Vieirinha, 30’) e Júnior Etoundi (Luís Figueira, 72’).

Suplentes não utilizados: Ravi, Jota, Zé Luís e Gustavo.

Treinador: Fábio Pereira

FC Vizela: Cajó; João Pedro (C), João Faria, Matheus e Kiki; Zag (Okoli, 85’), Landinho e Samu; Mendes, Diogo Ribeiro (Fall, 69’) e Kiko Bondoso (Cann, 77’).

Suplentes não utilizados: Rafa, André Soares, Vasco Lopes e Aidara.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Diogo Ribeiro (24’, g. p.) e Kiko Bondoso (63’).

Cartões Amarelos: Vítor Pisco (13’), Kiki (35’ e 57’) e Samu (67’).

Cartão Vermelho: Kiki (57’).