FC Vizela triunfa no regresso à LigaPro

FC Vizela triunfa no regresso à LigaPro

Meio ano depois, o FC Vizela voltou a disputar um jogo oficial. A estreia na LigaPro foi auspiciosa, com um triunfo inteiramente justo sobre a UD Oliveirense, por duas bolas a uma.

Cumpriu-se assim a tradição de vitória, sempre que o emblema da Rainha inicia este campeonato na condição de equipa visitada (aconteceu pela terceira vez, depois de triunfos sobre Ovarense e Beira-Mar, em 2005 e 2007, respetivamente).

A entrada em jogo não foi propriamente agradável. Logo aos 2’, a formação de Oliveira de Azeméis adiantou-se no marcador com um golo apontado por Jorge Teixeira.

O conjunto comandado por Álvaro Pacheco, que apresentou três reforços de início, Marcos Paulo, Ofori e João Pais, encarou o desafio de frente e não demorou a ganhar ascendente.

Aos 22’, Samu espreitou o golo do empate, que viria a ser realidade instantes depois, com Diogo Ribeiro, muito bem assistido pelo capitão Zag, a bater Coelho para o 1-1.

A igualdade subsistiu até ao intervalo, apesar da crescente superioridade do FC Vizela (João Pais criou bastante perigo aos 36’), situação essa que foi mais notória na etapa complementar.

Cada vez mais confiantes com o desenrolar do encontro, os azuis multiplicaram boas hipóteses para operar a tão desejada cambalhota no resultado.

Já com Tavinho e Cann em campo, seria o ganês a dispor de excelente oportunidade, quando surgiu isolado na cara de Coelho, no entanto, permitiu defesa. Antes disso, Ivo Gonçalves brilhou com uma grande defesa a travar as intenções de Thalis Henrique, num livre direto.

Tavinho teve outra boa situação nos pés, aos 71’, assim como Cassiano, reforço contratado ao Boavista, à entrada para o derradeiro quarto de hora.

De resto, Cassiano acabaria por ficar associado diretamente à história do desafio, quando, aos 86’, converteu em golo uma grande penalidade cometida por Raniel. Festejos merecidos por parte do FC Vizela, que já justificava a liderança no marcador.

Ainda assim, os instantes finais trouxeram algum atrevimento por parte da UD Oliveirense, porém, os pupilos de Álvaro Pacheco agarraram os três pontos com muita determinação.

No final da partida, o treinador dos azuis salientou a justiça do triunfo e sublinhou a resposta dada pelos seus jogadores perante o cenário de desvantagem: «Foi importante a resposta que demos depois de sofrer aquele golo. Neste duelo, o FC Vizela foi superior à UD Oliveirense, não só na qualidade de jogo, mas também na quantidade de oportunidades que teve para passar para a frente no resultado. É inteiramente justa a vitória», referiu Álvaro Pacheco no rescaldo ao jogo.

O próximo encontro do FC Vizela na LigaPro acontece no sábado, dia 19, às 17:00 horas, no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Pedroso (Vila Nova de Gaia), frente ao FC Porto ‘B’.

 

Ficha Técnica

FC Vizela 2-1 UD Oliveirense

Local: Estádio Capital do Móvel (Paços de Ferreira)

Árbitro: Dinis Gorjão (AF Setúbal)

Assistentes: Nuno Pires e Cátia Tavares

4º Árbitro: João Santos (AF Coimbra)

FC Vizela: Ivo Gonçalves; Koffi, Matheus, Aidara e Ofori; Marcos Paulo, Zag (C) e Samu (Ericson, 70’); André Soares (Tavinho, 64’), Diogo Ribeiro (Cassiano, 70’) e João Pais (Cann, 64’).

Suplentes: Pedro Silva, Cardozo, Marcelo, Kiki e Didi.

Treinador: Álvaro Pacheco

UD Oliveirense: Coelho; Leandro Silva (António, 88’), Pedro Machado, Raniel e Ricardo Tavares; Filipe Gonçalves, Oliveira (C) (Sele Davou, 76’) e Thalis Henrique; Miguel Lima (Pedro Bortoluzo, 88’), Jorge Teixeira e Lamine Mojo (Luisinho, 15’; Kazuya Ono, 88’).

Suplentes: Rui Dabó, Pedro Kadri e Pedro Ferreira.

Treinador: Pedro Miguel

Golos: Jorge Teixeira (2’), Diogo Ribeiro (25’) e Cassiano (86’, g. p.).

Cartões Amarelos: Oliveira (50’), Aidara (55’), Thalis Henrique (58’) e Raniel (85’).