Maré vizelense de futebol espetáculo

Maré vizelense de futebol espetáculo

Num fim de tarde sereno em Matosinhos, o Estádio do Mar foi palco de um triunfo absolutamente memorável do FC Vizela sobre o Leixões, por quatro bolas sem resposta.

Para se ter melhor noção da dimensão desta vitória, distava de Janeiro de 2016 a última equipa que ali havia vencido por mais de dois golos de diferença (foi o Varzim, também por 4-0).

Os golos foram apenas o corolário de uma “maré vizelense” recheada de futebol de elevadíssimo nível, com triangulações e jogadas ao primeiro toque que desbarataram por completo a formação leixonense orientada por José Mota.

Os primeiros instantes do desafio deram uma ligeira indicação da forma como o FC Vizela viria a impor-se sobre um adversário que se revelou competitivo no encontro da primeira volta.

Com naturalidade, o conjunto de Álvaro Pacheco adiantou-se no marcador aos 21’. Nota para a belíssima jogada sobre o lado esquerdo, com Tavinho e Raphael Guzzo no envolvimento e Samu na finalização certeira. Lance fabricado ao primeiro toque.

Logo a seguir, Cassiano, no coração da área, quase chegou de cabeça ao cruzamento de Kiki, ele que, aos 32’, dispôs de excelente chance para elevar a contagem, a passe de Tavinho.

O goleador do emblema da Rainha, que acabaria por se tornar numa das grandes figuras do encontro, seguia em direção à baliza alvirrubra para marcar, aos 37’. Contudo, acabou por sofrer uma falta duríssima de Stefanovic, fora da área, com o guardião sérvio a ser poupado à expulsão.

Mais tarde, à entrada para o tempo extra da etapa inicial, o mesmo Cassiano sofreu nova carga, desta feita, no interior da área, com Iancu Vasilica a assinalar castigo máximo, sem hesitações.

Coube ao próprio a transformação do lance em golo, colocando o FC Vizela numa situação de vantagem relativamente confortável, num momento crucial da partida.

O resultado ao intervalo só multiplicou a confiança dos jogadores vizelenses, que avançaram para uma segunda parte verdadeiramente demolidora.

É certo que o Leixões esboçou uma ténue reação nos minutos iniciais do recomeço, desde logo, com uma aproximação de Nenê à baliza de Ivo Gonçalves, no entanto, no seguimento de mais uma vaga ofensiva do FC Vizela, Diogo Gomes cometeu nova grande penalidade (já havia estado na origem da primeira) ao cortar a bola com a mão, estavam cumpridos 53’.

Mais uma vez, Cassiano, chamado a converter, fez o que mais gosta de fazer, bisando na partida e destacando-se isoladamente no comando dos melhores marcadores da Liga Portugal 2.

O Leixões apenas voltaria a ameaçar de canto, aos 56’, por Bruno Monteiro, antes de um desenho ofensivo vizelense, que bem merecia outro desfecho. Kiko Bondoso lançou Tavinho na direita e este serviu Raphael Guzzo de bandeja para uma chapelada quase perfeita.

Entretanto, o “guerreiro” Cassiano, que tinha dado tudo em campo, cedeu o lugar a André Soares e o FC Vizela foi prenunciando a chegada do quarto golo.

Kiko Bondoso, bem assistido por Samu, rematou cruzado e o mesmo Samu também criou muito perigo com um disparo na passada, aos 67’ e 68’, respetivamente.

No minuto seguinte, o FC Vizela alcançou o quarto golo na contenda com nota artística. Outra vez com Samu na jogada, Kiko Bondoso tirou Stefanovic do radar com uma assistência deliciosa para André Soares estabelecer o resultado final. Um resultado histórico no Mar.

No tempo restante, Álvaro Pacheco ainda lançou o aniversariante do dia, Marcelo, e promoveu os regressos de Marcelinho e João Pais, bem como a estreia do jovem lateral-esquerdo Maviram.

Com esta vitória, traduzida também no 18.º encontro consecutivo a somar pontos, os vizelenses aproveitaram os deslizes de Feirense e Académica para ascenderem à vice-liderança, tudo isto na antecâmara da receção ao Estoril Praia, que comanda destacadamente a Liga Portugal 2.

Na análise à partida, Álvaro Pacheco estava visivelmente feliz pelo triunfo e pelo grande espetáculo de futebol produzido pela sua equipa: «Sabíamos que tínhamos de entrar com uma postura muito forte porque o Leixões é uma equipa muito bem orientada. Tivemos a capacidade e o discernimento para marcar. É uma vitória inteiramente justa num jogo fantástico», considerou.

Segue-se o jogo de cartaz da jornada 27 com o FC Vizela a receber o Estoril Praia no próximo sábado, dia 03 de Abril, às 11:00 horas. Uma partida que certamente deixará a massa associativa vizelense e muitos adeptos do futebol em geral colados ao ecrã, com a transmissão do encontro a ser assegurada pela Sport TV 1.

 

Ficha Técnica

Leixões SC 0-4 FC Vizela

Local: Estádio do Mar (Matosinhos)

Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real)

Assistentes: Álvaro Mesquita e Tiago Mota

4º Árbitro: Ricardo Moreira (AF Vila Real)

Leixões SC: Stefanovic; Lucas Lopes, Pedro Pinto (C), Diogo Gomes e Tiago André (Moustapha Seck, 35’); Bruno Monteiro, Rodrigo (Nenê, 35’) e Joca (Rafael Furlan, 77’); Kiki, Belkheir (Paulo Machado, 77’) e Avto.

Suplentes não utilizados: Tiago Silva, Rucker e Brendon Lucas.

Treinador: José Mota

FC Vizela: Ivo Gonçalves; Richard Ofori, Matheus, Aidara e Kiki (Marcelinho, 87’); Marcos Paulo (C) (Marcelo, 79’), Raphael Guzzo e Samu (Maviram, 87’); Tavinho, Cassiano (André Soares, 64’) e Kiko Bondoso (João Pais, 87’).

Suplentes não utilizados: Pedro Silva, Cardozo e João Pedro.

Treinador: Álvaro Pacheco

Golos: Samu (21’), Cassiano (45’+2’ e 53’, ambos de g. p.) e André Soares (69’).

Cartões Amarelos: Rodrigo (9’), Diogo Gomes (27’), Stefanovic (38’), Marcos Paulo (50’), João Pedro (70’, no banco) e Rafael Furlan (83’).